menu

Toy Story 4 

O surgimento do quarto filme da franquia gerou muita controvérsia aos fãs, pois o terceiro filme ‘encerrou’ de maneira tão maravilhosa que parecia impossível retoma-la. Entretanto, Toy Story 4 provou que a Pixar e a franquia ainda têm muita lenha para queimar.

Agora acompanhamos Woody em uma nova jornada. Depois de ser o brinquedo preferido de Andy por toda infância, Woody agora tem uma nova proprietária: Bonnie que o deixa de lado com a chegada de Garfinho, um brinquedo feito de lixo reciclável e é o novo xodó de Bonnie. Mas Garfinho acaba fugindo e Woody se sente na obrigação de traze-lo de volta.

Toy Story 4 é lindo em vários aspectos, mas o que me chamou bastante atenção é a evolução da animação. A textura dos brinquedos e dos cenários que são facilmente confundidos com imagens reais, tamanha a qualidade e perfeição que são reproduzidos. Se não fosse pelo aspecto ‘cartoonesco’ dos personagens humanos e veículos, facilmente se passaria por um live action. O filme traz ótimos novos personagens como: Patinho, Coelhinho que proporcionam momentos hilários, temos também a ‘vilã’ do longa que é a Gabby Gabby uma boneca com motivações totalmente plausíveis e reais. Um ponto importante do filme é o retorno de uma personagem que tinha sido esquecida ou deixada de lado nos longas anteriores, a Betty. O ponto negativo fica por conta de alguns brinquedos com pouco tempo de tela ou quase nenhum.

Toy Story 4 traz uma nova perspectiva para os brinquedos, a jornada solitária de Woody acaba gerando reflexões importantes ao espectador sobre o seu verdadeiro propósito.

Vá ao Cinema:

X-Men: Fenix Negra (2019)

MIB: Homens de Preto Internacional (2019)

Aladdin (2019)

Veja em Casa:

Toy Story (Direção: John Lasseter, 1995)

Toy Story 2 (Direção: John Lasseter, 1999)

Toy Story 3 (Direção: Lee Unkrich, 2010)

Últimas Notícias
Ponta Grossa 30/07/2019 ás 14:37h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/260000/cover_00269054_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades