menu

Peça live “Escritoras de Ponta” valoriza a importância da literatura

A peça investiga a construção discursiva produzida pela mulher em Ponta Grossa

A literatura de escritoras ponta-grossenses é tema da live do artista Eziquiel Ramos e a transmissão acontecerá no dia 02 de maio às 19 horas no perfil do Facebook do ator. A realização faz parte do Edital Em Casa Com Cultura, da Fundação de Cultura de Ponta Grossa e Prefeitura Municipal de Ponta Grossa que pretende movimentar a economia criativa, incentivando a realização de produções culturais à população de forma online.

Com o tema “Escritoras de Ponta” a peça investiga a construção discursiva produzida pela mulher em Ponta Grossa. “Os livros das escritoras se tornarão protagonistas neste projeto, compondo uma múltipla seleção de gêneros textuais, com características distintas”, afirma Eziquiel.

Com apresentação em leitura dramatizada, ou seja, uma leitura em voz alta atenta ao volume da voz, as intenções das personagens, as entonações e o ritmo da leitura, a peça “Escritoras de Ponta” explora as obras de Alana Berti, Aparecida de Jesus Ferreira, Anita Philipovsky, Lenita Stark, Luísa Cristina dos Santos, Neuza Mansani, Neuza de Souza e Renata Regis Florisbelo. A transposição das emoções são o cerne do trabalho, dependendo unicamente das palavras. “Busquei histórias que, além de interessantes para o formato, também revelassem características fortes das autoras, o humor, as nuances e estilo”, justifica Ramos.

Em período de pandemia, a literatura completa os vazios da alma.  A escritora Luisa Cristina dos Santos, uma das homenageadas, acredita que “num tempo em que se prega isolamento social, a literatura é um convite à glória dialógica”. Para ela, pertence ao mesmo recôndito vital da energia afetiva. “Isto nos permite inclusive uma ligação com o que é impalpável”.

Ao ver um texto receber um tratamento teatral, a escritora se sente emocionada com a possibilidade de uma outra pessoa propor-se à dar uma aula de recepção textual. “O Eziquiel é um intérprete da cultura local e assim tem registrado uma contribuição inestimável na defesa de nossas particularidades, nossos valores, nossa história, nossa arte”, completa.

A escritora Alana Berti, também homenageada, acredita ser extremamente importante a devolutiva de um texto dela, agora com características dramatizadas. “Esta leitura vai transformar e dar uma nova versão, um novo entendimento pra este texto, e vai revelar pra mim o alcance do meu texto, das minhas palavras e da minha emoção”.

RESGATE HISTÓRICO

Dentre os selecionados, também serão apresentados textos das escritoras Helena Kolody e Anita Philipovsky. Embora tenha recebido a mais alta condecoração atribuída pelo Ministério da Cultura, ainda hoje a escritora Helena Kolody é pouquíssimo conhecida além das fronteiras do Paraná. Da mesma forma, Anita Philipovsky, pontagrossense do início do século XX, que escreveu para diversos periódicos paranaenses e alguns nacionais. Por intermédio destes textos é possível avaliar a produção literária de mulheres na primeira metade do século XX. A partir do momento em que passam a circular nas redes sociais, ganham visibilidade inestimável.

Após a declamação dos textos, Eziquiel Ramos também dará dicas de livros das autoras e orientações metodológicas sobre como fazer uma leitura dramática a partir de técnicas teatrais. A próxima live do ator também abordará literatura feminina, a partir da visão de Cora Coralina. Mais informações, nas redes sociais do artista.

 

Últimas Notícias
Cotidiano 02/05/2020 ás 19:07h
Ponta Grossa 02/05/2020 ás 18:26h
Campos Gerais 02/05/2020 ás 17:24h
Esporte 02/05/2020 ás 16:59h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/320000/cover_00322375_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades