menu

Audiência pública discutirá novo contrato da Sanepar

Convocado pela prefeitura, evento acontece no dia 20 de dezembro na Câmara de Ponta Grossa. Companhia tem proposta de investimentos na casa de R$ 1,6 bilhão.

A Prefeitura de Ponta Grossa convocou para o dia 20 de dezembro uma audiência pública para analisar a proposta de investimentos da Sanepar para um novo contrato. A companhia tem até 2026 para concluir o planejamento atual firmado com o Município, mas já planeja investimentos da casa de R$ 1,6 bilhão entre 2027 e 2057, caso consiga um novo contrato com a Prefeitura. A audiência, aberta à população acontecerá na Câmara a partir das 14 horas.

Em julho, a Sanepar apresentou ao prefeito Marcelo Rangel (PSDB) e a vereadores a minuta do novo contrato, prevendo investimentos na ordem de R$ 422 milhões, além da aplicação de R$ 1.2 bilhão na manutenção da rede.

Dentro dela, a Sanepar prevê realizar investimentos de R$ 161 milhões na rede de abastecimento, para garantir o atendimento em 100% do município, mesmo diante da crescente expansão populacional e surgimento de novos conjuntos habitacionais. O investimento visa otimizar o sistema atual e trazer ganho para o abastecimento diante do crescimento da cidade.

Na época em que foi apresentada, a gerente geral da Sanepar para a região Sudeste, Jeanne Schmidt, explicou que, além de ampliar o sistema de abastecimento, a proposta também implanta uma nova captação de água, através do Rio Tibagi, ampliando em 50% a produção no município.

Para a rede de esgoto, o investimento gira em torno de R$ 261 milhões, com a proposta de chegar a 95% de cobertura na cidade, índice 25% superior à média de cobertura da rede de esgoto no estado do Paraná. Somando os investimentos em abastecimento e esgoto, R$ 422 milhões, e a aplicação em manutenção do sistema, R$ 1.2 bilhão, os recursos para a área de saneamento básico devem ultrapassar R$1.6 bilhão ao longo de 30 anos. O novo contrato também prevê a aplicação de 2% para o Fundo Municipal de Saneamento Básico, prevendo a construção de um Centro de Educação Ambiental.

Lei de Saneamento prevê abertura de licitação

O atual contrato de concessão entre a Prefeitura e a Sanepar segue vigente até 2026. Segundo a gerente da Sanepar, o interesse em renovar antes do período final se dá diante da lei de saneamento que vem sendo discutida em Brasília. A nova legislação obriga os municípios a abrirem licitações para o serviço de água e esgoto. Dessa forma, o serviço pode ficar sob o controle da iniciativa privada em Ponta Grossa.

Últimas Notícias
Ponta Grossa 06/12/2019 ás 10:00h
Romulo Cury 06/12/2019 ás 10:00h
Ponta Grossa 06/12/2019 ás 09:40h
Ponta Grossa 06/12/2019 ás 09:40h
Ponta Grossa 06/12/2019 ás 09:33h
Cotidiano 06/12/2019 ás 09:00h
Cotidiano 06/12/2019 ás 08:42h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/300000/cover_00305839_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades