menu

Vila Velha deve contar com mais conforto em infraestrutura ao turista

Concessão do Parque será assinada nesta quarta-feira (18) pelo governador Ratinho Junior (PSD). Edital prevê investimento de cerca de R$ 15 milhões em 30 anos

O governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) assina nesta quarta-feira (19) o contrato de concessão do Parque Estadual Vila Velha, em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais. Também estarão presentes os secretários de Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes; e de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex (também do PSD). A gestão do parque será assumida pela empresa Eco Parques

Conforme o Plano de Trabalho apresentado pela empresa vencedora da licitação, serão implantadas atividades como campo de desafio, arvorismo, tirolesa, ciclismo e mountain bike, entre outras. Também haverá facilidades aos visitantes como lanchonete, centro interativo e loja de conveniência, além da reestruturação da infraestrutura do local e das trilhas fornecidas aos turistas. 

A assinatura acontecerá no próprio parque, por volta das 17h. De acordo com Carlos Eduardo Guimarães, diretor-executivo da Eco Parques, o investimento previsto de R$ 15 milhões no decorrer da licitação pode variar em função dos custos de operação do Parque e também do plano de manejo. Ainda de acordo com a licitação, a Eco Parques foi obrigada a criar uma subsidiária, chamada de Eco Vila Velha, para gerir o contrato. 

Após a assinatura do contrato, a empresa tem 30 dias para apresentar ao Governo do Estado um plano operacional de gestão do Parque - as ações previstas no documento ainda serão submetidas à análise do Governo do Estado, validadas e só então poderão sair do papel. “Com isso, acredito que devemos começar a gerir o parque no mês de abril”, projeto Carlos Eduardo. 

O número de visitantes do Parque de Vila Velha foi de 65 mil em 2018 e caiu para pouco mais de 50 mil em 2019, de acordo com dados oficiais do Governo do Estado. Segundo Carlos Eduardo, o primeiro objetivo da concessão será pensar na infraestrutura do local, no conforto apresentado aos visitantes na visitação. “Mas tudo isso, aliado ao aumento da preservação do local”, disse o empresário. 

Após a assinatura da concessão, a empresa e o Governo do Estado deverão fazer a gestão compartilhada do Parque de Vila Velha por mais de 60 dias. 

Melhorias na sinalização do Parque

Segundo Carlos Eduardo, a empresa vencedora da licitação buscará “melhorar em 100%” a infraestrutura e sinalização do Parque de Vila Velha. “Além disso, queremos ampliar as opções de alimentação oferecidas aos turistas, trazer adequações nas trilhas, conforto ao usuário e também transporte interno dentro do Parque. Queremos transformar Vila Velha também em uma área de convivência”, disse o diretor-executivo da Eco Parques. 

Furnas

Entre as possibilidades elencadas pela Eco Parques está a reformulação da área das furnas e a possível revitalização dos mirantes. “Temos esse pensamento, vamos estudar a possibilidade de revitalizar o elevador [das Furnas] e também em trilhas específicas”, conta o empresário.

Últimas Notícias
Campos Gerais 19/02/2020 ás 13:40h
Ponta Grossa 19/02/2020 ás 12:11h
Ponta Grossa 19/02/2020 ás 11:20h
Destaques
Fluidos Positivos
Paulo Coelho
VÍDEOS
Mix
/img/cover/310000/cover_00314265_00.jpg
+ Empregos
+ Bom Dia Astral
+ Romulo Cury
+ Variedades